Estudo: como o GP de Fórmula 1 afetou o fluxo de visitas em Interlagos

Um evento como o Grande Prêmio de Fórmula 1 atrai pessoas de diferentes lugares, cobertura midiática e movimenta a economia local. Mas, como o GP influenciou no fluxo de visitas no palco da competição, o Autódromo de Interlagos? Para responder esta e outras perguntas, a In Loco lança um estudo exclusivo que levou em conta a sua base de dados – composta por 60 milhões de usuários só no Brasil – e a movimentação em locais-chave.

Neste estudo você irá descobrir:

  • Como o GP influenciou o volume de visitas no Autódromo de Interlagos;
  • Os estados de origem do público que viajou para conferir a corrida ao vivo;
  • O fluxo de visitantes em estações de transporte público durante o evento;
  • A movimentação em hotéis nos dias da competição;
  • O ranking dos eventos que geraram mais visitas à Interlagos entre 2017 e 2018.

Preparado para começar? Vamos lá!

De onde as pessoas vieram

É natural que uma competição da magnitude do GP de Fórmula 1 atraia pessoas de diferentes lugares, certo? Certíssimo. De acordo com informações da In Loco Database, mais da metade das pessoas que foram acompanhar a corrida diretamente do autódromo, eram do estado de São Paulo, somando 50,27% da amostra analisada. O estado do Rio de Janeiro aparece no segundo lugar, com 10,27% do volume total de visitantes dos três dias de disputa. O terceiro estado que levou mais visitantes para o GP foi Minas Gerais, com 6,53%. Um ponto curioso é o fato de que não foi registrada nenhuma visita do estado do Piauí.

A metodologia da pesquisa levou em conta a base de dados da In Loco no Brasil e comparou o fluxo de visitantes dos três dias de evento (9, 10 e 11 de novembro) com o período entre 20 de outubro e 12 de novembro.

Analisando o impacto do GP no fluxo de visitas do autódromo

O GP atrai um grande volume de apaixonados por automobilismo. Na última edição do evento, que ocorreu entre os dias 09 e 11/11, a In Loco Database registrou um aumento de 116,3% na quantidade de visitantes no autódromo de Interlagos durante a disputa em relação ao mesmo período da semana anterior.

Outra descoberta interessante é que 36,67% do volume total de pessoas que visitaram o autódromo entre 20 de outubro e 12 de novembro participaram de, ao menos, um dos dias da competição automobilística.

Fluxo de visitas no Autódromo de Interlagos

Como o GP impactou diferentes categorias de locais

Por ser um evento de grande porte, naturalmente o GP não impacta apenas o fluxo de pessoas no autódromo. Outras categorias de locais também sentem a influência positiva da competição. Confira abaixo.

Transporte público

O transporte público foi um dos meios mais utilizados pela plateia que acompanhou a competição no autódromo. A In Loco Database registrou um aumento de 5,22% na movimentação de pessoas em estações de metrô; 6,26% mais pessoas em locais como terminais e paradas de ônibus; e 6,1% de aumento do fluxo de visitantes em estações de trem em relação à média dos finais de semana do período entre 20 de outubro e 12 de novembro.

Hotéis

Apesar de mais de 50% do público do evento ter vindo de São Paulo, o resto da audiência foi composta por pessoas de fora do estado. Por isso, o estudo da In Loco também analisou o fluxo de visitantes que foram ao evento e se hospedaram em hotéis localizados na capital paulista.

Durante a semana do GP, o volume de visitas a hotéis ficou acima da média, somando 59,01% dos fluxo do período analisado. No primeiro dia do evento, o volume de pessoas atingiu um pico de 14,15% em relação ao volume total do período. Ou seja, a maioria das pessoas ficou hospedada durante o final de semana da competição. No domingo, é possível ver que o fluxo de visitantes em hotéis não é tão grande, possivelmente porque os hóspedes já fizeram check-out.

Eventos em Interlagos ao longo do ano: conheça o top 5

O GP de Fórmula 1 não é o único evento relevante que ocorre no Autódromo de Interlagos durante o ano. Mesmo atraindo uma grande cobertura midiática e movimentando a economia local, o GP de Fórmula 1 não é a festividade que atrai mais pessoas para o autódromo.

De acordo com o estudo da In Loco, o festival de música Lollapalooza é o acontecimento que atrai mais pessoas para o local, que ocorreu em março de 2018 e representa 11,88% dos visitantes do Autódromo de Interlagos no período de 20 de outubro de 2017 a 12 de novembro de 2018.

Para efeito de comparação, o GP de Fórmula 1 representou 2,23% do volume total de pessoas que foi ao autódromo durante o período analisado. Esse número mostra que o Lollapalooza concentra um fluxo de visitas 517% maior do que o GP de Fórmula 1.

O ranking dos eventos que mais movimentaram Interlagos entre 2017 e 2018 é liderado pelo Lollapalooza, seguido pelo aniversário da The Week e, em terceiro lugar, pelo Porsche Club. O GP de Fórmula 1 aparece como quarto colocado.

Ou seja, mesmo atraindo um volume imenso de pessoas, o GP de Fórmula 1 fica longe da liderança dos top 5 eventos que aconteceram em Interlagos durante o ano.

 

Ficou com alguma dúvida? Quer pedir pra gente fazer algum estudo? Fique à vontade para falar com a gente! O espaço de comentários aqui embaixo é seu 🙂

No Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: